Menu Principal

domingo, 20 de março de 2016

O Polvo, um animal enigmático e incrível

Nesse post da Série Natureza Incrível você conhecerá mais sobre o polvo.


Um animal enigmático, curioso, extremamente inteligente e cheio de artimanhas.


Os polvos são animais marinhos que possuem oito tentáculos [braços fortes e com ventosas dispostos à volta de sua boca]. Possuem um corpo mole, sem esqueleto interno nem externo e como meios de defesa ainda podem expelir jatos de tinta, se camuflar alterando a cor de sua pele para se parecer com o ambiente externo e ainda cada um de seus tentáculos possui autonomia.



Todos os polvos são predadores e alimentam-se de peixes, crustáceos e outros invertebrados, que caçam com os braços e matam com o bico quitinoso. Para auxiliar a caça, os polvos desenvolveram visão binocular e olhos com estrutura semelhante à do órgão de visão do ser humano, tendo percepção de cor.

Olhos do Polvo:

Os olhos do polvo são incrivelmente complexos.
Polvo expelindo o Jato de Tinta:


Assista ao vídeo abaixo, produzido pelo Nat Geo Wild, que mostra a incrível elegância desse animal e também como eles possuem o disfarce perfeito para a defesa e ataque.


E se você tiver ficado na dúvida: Sim, o polvo fugiu e sobreviveu conseguindo enganar seus inimigos quando expeliu aquele jato de tinta.




Os polvos são classificados como moluscos e podem ser encontrados em água doce, no mar e em terra [claro, saindo de um lugar seco e voltando para a água, seu habitat natural]. Além dos polvos essa classe inclui animais como os mexilhões, lesmas, ostras, caramujos, caracóis e lulas. Há mais de 100 mil espécies de moluscos e mais de 300 espécies de polvos.


Os polvos são animais marinhos que respiram através das brânquias e são capazes de viver no fundo do mar, em qualquer profundidade. E os polvos de águas profundas são cobertos por órgãos produtores de luz chamados bioluminescências. Essas luzes estroboscópicas subaquáticas são capazes de produzir flashes de luz que podem causar desorientação por vários minutos.





Cada braço possui 2 fileiras de ventosas, que com quimio-receptores, fazem com que os polvos sintam o sabor daquilo que tocam. Seu peso varia de 3 kg a 40 kg, e podem medir de 5 cm a  3 m de comprimento. 


Ventosa
As espécies de polvo variam muito de tamanho, mas a espécie mais numerosa, o octopus vulgaris [polvo comum], costuma ter cerca de 70 cm. Esses animais vivem de 3 a 5 anos e possuem cores que variam de acordo com a espécie: amarela, castanha, marrom e avermelhada e habitam em muitos locais, como recifes, frestas em pedras, grutas, etc.. Vivem solitários, só se encontrando para o acasalamento.




Na cabeça estão os órgãos dos sentidos e a boca, que possui uma espécie de língua com pequenos dentes afiados, chamada rádula.

Quanto a autodefesa dos polvos, para não ficar massivo, vamos assistir ao vídeo abaixo, produzido pelo Nat Geo. Você verá que os polvos são verdadeiros especialistas nesse assunto:


Alguns polvos, quando ameaçados, têm a capacidade de autotomia dos braços de forma semelhante às lagartixas que podem liberar suas caudas. Os braços liberados servem como distrativos para os predadores em sua caça.

A reprodução destes animais é sexuada e o ritual de acasalamento pode durar algumas horas ou alguns dias. A fêmea, quando está pronta para acasalar, libera na água um feromônio sexual que atrai o macho e a previne de ser devorada pelo macho, visto que o canibalismo está presente no comportamento de várias espécies de polvos. 


Polvos se acasalando
O terceiro tentáculo direito do polvo é, na verdade, seu órgão sexual, que é introduzido na cloaca da fêmea para fecundar os ovos. Depois da fecundação, a fêmea é capaz de pôr perto de 150.000 ovos que normalmente são depositados no interior de uma caverna. Até eclodirem [cerca de um mês depois] é a fêmea que toma conta dos ovos, período no qual não se alimenta. Depois da eclosão dos ovos a fêmea morre de fome.

Veja como esse momento é incrível:




Para terminar, veja algumas curiosidades sobre esse animal tão interessante:

- O polvo possui um sistema nervoso muito desenvolvido, sendo que dois terços desse sistema estão localizados na cabeça e o restante divididos entre seus oito tentáculos;

É um animal capaz de aprender novos comportamentos observando, de resolver problemas e de memorizar novos trajetos, por exemplo. São animais que vivem sozinhos e só procuram companhia na época de reprodução.

Eles são os primeiros invertebrados a serem vistos usando bugigangas e restos descartados, tais como conchas e casca de coco para se esconder de predadores em potencial;



- A flexibilidade do polvo é impressionante, realmente impressionante:



- Todos os polvos são venenosos, então tome cuidado ao se aproximar de algum!
Os polvos têm três corações. Dois bombeiam o sangue por cada uma das guelras enquanto o terceiro bombeia o sangue pelo corpo.

- O sangue do polvo é azul, pois diferentemente dos seres humanos, os polvos possuem cobre em seu princípio ativo, o que dá essa diferença de coloração. Já nós seres humanos temos como princípio ativo o ferro, que dá essa coloração avermelhada;

- A fêmea é capaz de botar até 400 mil ovos de uma única vez;



Espero que tenham gostado de conhecer mais sobre o animal invertebrado mais inteligente da terra. Para ver mais posts dessa mesma coleção clique no álbum abaixo:


Fontes Pesquisadas:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botão Voltar ao Topo