Menu Principal

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Curiosidades #5 - Destrinchando o Equador

O Equador é um dos únicos países da América do Sul que não fazem fronteira com o Brasil, e é razoavelmente distante e pouco conhecido por nós brasileiros.


Por isso, resolvi fazer um apanhado bem legal para que você conheça mais desse país tão incrível: Sua origem, história, pontos turísticos interessantes, curiosidades e muito mais. Aproveite!


LOCALIZAÇÃO

O Equador é um dos países com maior diversidade de ecossistemas do mundo e está situado na linha do Equador, na Costa do Pacífico da América do Sul, limita-se ao norte com a Colômbia, ao sul e ao leste com o Peru e a oeste com o Oceano Pacífico.


O país possui três regiões continentais. A Cordilheira dos Andes o divide em dois: a costa, a oeste; e as selvas do amazonas, a leste. As montanhas centrais são de origem vulcânica e são conhecidas como a Avenida dos Vulcões.


Além do continente as Ilhas Galápagos formam a quarta região do Equador e estão localizadas a uns 1.000 km da costa, a oeste da linha do Equador.

Informações Gerais:

População: 15.007.343 de habitantes composta por 40% de mestiços, 40% indígenas, 15% brancos e 5% de negros.
Capital: Quito.
A Capital do Equador se encontra em um vale rodeado de montanhas a 2.850 metros acima do nível do mar.
Idioma: Espanhol. Também se fala a língua Quechua e outras línguas indígenas.
Moeda: Dólar do Estados Unidos.
Visto Turístico: Os visitantes podem permanecer por até 90 dias com um visto turístico.

NOTAS: Apesar de ter uma moeda pesada como o Dólar, os preços do Equador saem muito mais em contas se comparados ao Brasil, por exemplo.

CURIOSIDADES INTERESSANTES

Bandeira atual do Equador.
Uma curiosidade bem legal é que o tradicional sombreiro do Panamá na verdade é produzido no Equador:

Um esporte bem popular por aqui é o ecuavoley, olhe a bola usada nele:


Por aqui quase não temos fumantes, mas... é comum ver pessoas embriagadas por conta de beber gasolina pura!


Aqui o brasileiro pode ser pego desprevenido e sentir o mal da altura, ou mal do viajante, então vamos conhecê-lo:

SOROCHE


É uma reação orgânica bem comum ao subir a altitudes que ainda não estamos acostumados, a qual pode ocasionar falta de oxigênio e fadiga mesmo quando se faz pouco esforço. É um mal estar passageiro e quase nunca tem consequências graves. Tanto pode demorar algumas horas ou dias para se manifestar ou pode ser sentido imediatamente, assim que chegar a uma grande altitude, como é o caso do Equador.

Alguns sintomas:
  • Dores de cabeça;
  • Tontura;
  • Fadiga;
  • Esgotamento Físico;
  • Agitação;
  • Transtorno do sonho;
  • Transtornos digestivos;
  • Falta de apetite;
  • Náuseas o vômitos.
Para evitar o mal de altura ou ao menos reduzi-lo é necessário se aclimantar, isto é, não se agitar nem realizar esforços físicos mais pesados ao menos durante os primeiros dias. E no dia anterior a chegada se recomenda uma boa noite de sono, comida leve e evitar bebidas alcoólicas.


GASTRONOMIA

A culinária do Equador é bem diferente da nossa, confira alguns pratos típicos:

Sanduche de Chancho
Encebollado
Guatitas
Esse abaixo irá te surpreender:

Cuy Asado
E agora o Cuy na natureza:


ORIGEM ÉTICA E COLONIZAÇÃO


A região foi povoada por várias tribos Quechua, que formavam parte do Império Inca. Sua tecnologia era muito precária se comparada a dos espanhóis, que possuíam armas de fogo. Para piorar os Quechuas constantemente estavam em guerras entre si e creram que os espanhóis eram deuses montados em cavalos. Acabou que foram conquistados rapidamente e caíram sob o domínio espanhol a partir de 1537.

Independência:


Anos depois da conquista espanhola ocorreu o improvável, a impensável aliança entre todas as tribos Quechua, que antes viviam em guerra. Com isso ocorreram duros anos de batalhas, saques, matanças e ataques surpresas que matavam muitas pessoas de uma só vez. E em 1563 se tornaram independentes da Espanha. Mas em 1723 pediram para voltar ao domínio espanhol por problemas financeiros. E finalmente em 1830 o Equador acordou se constituir em um estado independente novamente.

Agora vamos para o que acredito ser a parte mais importante dessa postagem, hora de conhecer os principais pontos turísticos do Equador [fiz uma espécie de roteiro turístico que dá até para segui-lo se quiser]:

PONTOS TURÍSTICOS

~ QUITO ~


É a capital do Equador e se encontra em um vale rodeado de montanhas, a 2.850 metros acima do nível do mar. A apenas 10 minutos ao norte de Quito está o famoso Monumento Metade do Mundo, que atravessa a linha do Equador, ali você terá a oportunidade de colocar um pé em cada um dos hemisférios. [Obs.: Aconselho que comece sua visita por aqui para se aclimantar, pois a cidade oferece muitas opções de turismo e lazer sem ser necessário realizar tanto esforço físico]



Acredite se quiser, mas aqui na latitude 0°0'0“ é possível até equilibrar um ovo por conta do centro magnético do planeta Terra. [Ao que parece um em cada três visitantes conseguem realizar esse feito!]

Aqui você ainda pode pegar o Teleférico de Quito, o mais alto da América do Sul. Ele parte dos 2.950 metros de altitude até chegar aos 4.050 metros, no topo da Cruz Loma, próximo do Vulcão Pichincha.


E pra quem gosta de praticar escaladas, uma boa opção é subir o Vulcão Cotopaxi, o mais alto do mundo, com 5.943 metros.


Aproximadamente a 2 horas de distância de Quito, está outra cidade bem interessante.

~ OTAVALO ~


A pequena cidade de Otavalo é famosa por seu mercado indígena que funciona aos sábados. Os Quechuas são famosos por sua habilidade têxtil e comercial.

O Vulcão Cuicochoa possui um lago com lagoa quente e está a 100 km ao norte de Quito, esse lago possui 3 km e se encontra aos pés do Vulcão Cotachi, já extinto:




Uma atenção que o visitante deve ter é que nos arredores dessa lagoa existem vários vulcões ativos, inclusive o que está abaixo dessa lagoa.

Daqui podemos seguir para Baños [pronunciasse Banhos], que está a umas 4 horas de distância via busão. Aliás, se quiser saber mais um pouco da língua espanhola, acesse a coleção abaixo e pegue algumas aulas gratuitas:



~ BAÑOS ~


A cidade está encravada aos pés do Vulcão Tungurahua, um dos mais ativos do Equador, e na margem da selva, Baños é um destino turístico cada vez mais popular para se relaxar nas piscinas de água mineral termais ou para descarregar toda a sua adrenalina com esportes de aventura.

As piscinas termais de origem vulcânica de mais fácil acesso são as Piscinas de la Virgen:




O melhor lugar para poder observar o Vulcão Tungurahua é sem dúvida a "Casa del Árbol"  [Traduzindo: Casa da Árvore] em Banhos, ela está localizada no Caserio Rutún a 2.600 metros acima do nível do mar.



E aí, você teria coragem suficiente para balangar nesse balanço que está quase no topo do mundo, milhares de metros acima do mar e ainda com vista para um dos vulcões mais ativos do Equador? Se tiver, a vista será surpreendente:




A Ruta de las Cascadas [ou em tradução literal: a Rota das Cascatas] é um dos principais atrativos turísticos do Equador, sendo um refúgio com mais de 60 cascatas, onde se pode sentir a natureza e observar as impressionantes quedas d'água cristalinas e frias.




Daqui, um lugar bem interessante para se conhecer é Ingapirca, mas para isso é necessário fazer um trajeto de quase 8 horas para se chegar em Cuenca e depois mais 2 horas para finalmente chegar em Ingapirca.

~ INGAPIRCA ~


Com pedras perfeitamente talhadas e unidas com uma espécie de argamassa natural, Ingapirca pertence ao sítio ecológico mais importante do Equador.

O Templo del Sol [Templo do Sol] serviu para realizações de cerimônias e rituais da cultura Cañari-Inca, que também teve fins estratégico-militares. Está localizada a 80 km da Cidade de Cuenca, na Província do Cañar.



A três horas daqui vamos para outra cidade bem interessante.

~ GUAYAQUIL ~


Guayaquil é a maior cidade do país e principal porto do Equador, se encontra na Costa Equatoriana, próxima do Oceano Pacífico. Um dos lugares turísticos mais significativos é o Malecón Simón Bolívar [ou Malecón 2000, como é chamado pelos moradores], onde se pode desfrutar da paisagem, dos monumentos da cidade e fazer muitas compras.


E para fechar nossa viagem com chave de ouro, basta pegar um voo de duas horas daqui e seguir para as Ilhas Galápagos, que estão a 1.000 km da costa do Equador.

~ Galápagos ~


Bem distantes do continente, essas ilhas constituem um dos paraísos naturais do planeta e são formadas por 13 ilhas principais, intermináveis praias de areia clara e cor marfim, como Tortuga Bay, que são parte de seu entorno.



Aqui você verá paisagens muito bonitas:


Túneis de lava:





Zonas de mergulho:






Reservas marinhas:


Seus animais pré-históricos:


E belíssimas e coloridas aves:


Para finalizar vou deixar dois vídeos pequenos, da Família Goldschmidt, que se aventuraram pelo Equador e dão boas dicas para que você também se aventure por essas bandas.

Vídeo 01


Vídeo 02




Se tiver gostado desse tema e desejar conhecer outros posts, clique na Coleção abaixo e veja os que você achar mais interessantes:


Até a próxima!

2 comentários:

  1. Olá, venho aqui lhe fazer um convite para participar do Só Links - agregador de links.
    Cadastre-se conosco e aumente consideravelmente seu tráfego. Trazendo muito mais visitas e rendimentos para seu blog/site.
    Cadastre-se e boa sorte!
    http://solinks.com.br/

    ResponderExcluir

Botão Voltar ao Topo