Menu Principal

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Curiosidades #1 - Canibalismo nas Ilhas Fiji!?

A Ideia dessa série é bem simples, apenas mostrar curiosidades interessantes a respeito de um país, cidade, lugar ou região, seja no presente ou no passado. Neste post você irá conhecer um pouco sobre o passado esquecido das Ilhas Fiji:



O arquipélago de Fiji está localizado na Melanésia e é formado por 333 ilhas de origem vulcânica banhadas pelas cristalinas águas do pacífico sul. As ilhas Fiji são tradicionalmente um destino de férias bastante popular entre australianos e neozelandeses [principalmente durante os meses de inverno no hemisfério sul] e cobiçado por casais em lua de mel e qualquer pessoa que curte praias desertas, ilhas paradisíacas, snorkelling, mergulho, surf e outras atividades ao ar livre.



As ilhas Fiji possuem uma área jurisdicional de aproximadamente 709.660 Km², o que equivale quase ao tamanho da França. Destes, apenas cerca de 10% é terra, os outros 90% é mar. Com uma população total de aproximadamente 850 mil habitantes, cerca de 70% dos fijianos vivem na maior ilha do arquipélago, Viti Levu. Das 333 ilhas que formam o arquipélago, apenas 105 delas são habitadas.



Hoje, a economia do país é baseada no extrativismo, produção de produtos agrícolas [cana de açúcar] e no turismo. Este último, é sem dúvida, a principal fonte de divisas ao país. E embora as ilhas Fiji possam ser basicamente dividida em 9 grupos de ilhas distintas, mais de 95% dos turistas estrangeiros que visitam o país conhecem apenas 3 destas regiões: Viti Levu, Mamanuca Islands e Yasawa Islands.



Entretanto ... Nem tudo foram flores na história desse lugar. Acredita-se que o canibalismo foi praticado nessas Ilhas até o Início do Século 21, fazendo da região uma das últimas do planeta a deixar de praticar esse tipo de ritual.

O canibalismo por aqui deixou de existir após serem realizadas muitas missões religiosas e com a conversão dos nativos canibais ao cristianismo. Porém, até isso acontecer de fato, certamente morreram muitos marinheiros europeus! [ou talvez não, já que os marinheiros conheciam esse lugar como "Canibal Islands" e graças a esse comportamento agressivo dos nativos os marinheiros europeus evitavam chegar perto das águas de Fiji, o que fez com que os Fijianos não sofressem de doenças tropicais endêmicas introduzidas pelos europeus em outras partes do mundo].

O Canibalismo era praticado por diversas tribos da Melanésia e por ocorria por razões diversas, que iam desde uma forma de retaliação, insultos ao inimigo ou até mesmo para absorver as qualidades do guerreiro abatido!

O maior canibal que se tem registro em Fiji foi um chefe tribal, chamado Ratu Udre Udre de Rakiraki [Norte da ilha de Viti Levu]. Reza a lenda que ele teria consumido 872 pessoas e para registrar sua “incrível” façanha, empilhava pedras para cada pessoa devorada.


E aí!? Ficou com vontade de ir para lá?

Se tiver gostado e quiser ver mais postagens dessa mesma Coleção, clique no álbum abaixo:



Fonte Pesquisada:
http://mauoscar.com/fiji/


Boa sorte e até a próxima curiosidade!

                                                                        

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botão Voltar ao Topo