Menu Principal

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Viajando por Conta Própria

Estou deixando esse espaço para ajudar com algumas pequenas dicas que podem ajudá-lo caso queira realizar um passeio por conta própria.


Existem muitos destinos que possuem quase tudo o que você precisa, ou estão mais perto ou são fáceis de se fazer as coisas. Por isso também é interessante realizar esse tipo de viagem. Sem mais delongas, vamos ao post!

Pesquise mais sobre o Destino:

Saber mais sobre o destino ajuda na hora de saber o que fazer por lá e ainda diminui a chance de você quebrar a cara com alguma informação errada e assim se diminui a chance de se ter imprevistos, o que faz com que seu passeio seja mais proveitoso e divertido.

Como é você que define seu roteiro, é possível ficar mais tempo nos lugares que você gosta mais e reduzir a estadia onde não tenha gostado muito, e claro, fica bem mais fácil mudar de atividade ou até de destino, caso te dê vontade.


Por isso, sempre procure saber um pouco sobre o que pode ser feito lá e tente construir seu próprio roteiro, considerando os deslocamentos, o valor da Hospedagem, o tempo que quer ficar por lá e também o meio de transporte que será utilizado para ir e voltar de lá. Se você fizer a conta na ponta do lápis e ver que fazer tudo do seu jeito é mais em conta, pode arregaçar as mangas e ir até lá por conta própria.

SE PREPARE COM ANTECEDÊNCIA

Essa dica anda de mãos juntos com a anterior. Ao se preparar mais cedo você evita o desespero se chegar em um lugar novo sem saber de nada, evita transtornos e faz com que sua viagem seja muito mais tranquila.

1) Procure na Internet, seja em fóruns de viagens ou até mesmo em outros blogs. Uma ideia bem interessante é escrever assim:

roteiro x dias NOME DO LUGAR - Parece bobo, mas só de dar uma olhada em vários relatos e dicas das pessoas você já começa a pegar uma boa ideia do que fazer e não fazer no lugar que deseja ir.

2) Observe se a cidade ou lugar em que você visitará não possui uma boa estrutura de transporte público. Caso tenha, você poderá se deslocar usando o ônibus ou o metrô ao invés de usar os táxis, que são muito mais caros.



Baixa e Alta Temporada e Promoções:



- Conhecer os períodos em que há alta e baixa temporada no destino também é muito importante. Feriados e períodos de Férias Escolares sempre são períodos de alta temporada e o valor costuma ser bem mais caro do que durante o restante do ano.

Se tiver condições, procure ir nos períodos em que o lugar não é tão visitado [com certeza haverá algum desconto na hospedagem e o valor das atrações poderá sair bem mais em conta. Outro ponto importante a ser observado é verificar se não existe alguma promoção, o que ajuda ainda mais nessa redução de gastos].



Duas pessoas diferentes podem fazer a mesma viagem e gastar valores totalmente diferentes. Se você for inteligente e aproveitar pequenas diferenças de comportamento, conseguirá fazer uma viagem muito gostosa, sem que o valor fique tão salgado.

NOTAS: Mas não deixe de viajar somente porque você não tem disponibilidade de tempo na baixa temporada. Se acontecer isso, apenas aceite os fatos e vá na alta temporada mesmo!

Comer fora das Atrações Principais:

Observe os exemplos abaixo, que são bem simples:

- Se você comer em um restaurante ou quiosque na beirada da praia, pagará muito mais caro do que se tivesse atravessado umas três ou quatro ruas para comer onde o morador local também come.
- Pedir as coisas no Hotel ou na Pousada sai bem mais caro do que aproveitar uma farmácia ou um supermercado nas proximidades.

Ao se afastar um pouco das atrações, você poderá comprar e comer o que o próprio pessoal da cidade consome, e não o que o "turista" [que paga bem mais caro] costuma consumir. Isso parece bobo, mas colocando na ponta do lápis faz uma grande diferença.

Leve algum lanche:

Sempre que possível leve consigo biscoitos, chips, alguns salgadinhos e até mesmo o famoso mini-pão [para comer com Patê, Maionese, Requeijão ou outra coisa quando chegar ao destino]. Essa dica é praticamente um complemento da dica acima, se você já possui algumas dessas coisas em mãos, pode comer na hora e assim evitar um jantar mais caro, por exemplo, além de não ficar com fome em nenhum momento da viagem!



Água:

Um gasto que parece bobo mas dependendo do lugar faz você gastar muito é comprando a água no Hotel. Ao invés de fazer isso procure por um Supermercado ou Distribuidora [ou se não achar, uma Farmácia pelo menos] e compre sua própria água, de preferência em embalagens um pouco maiores [nem que seja da de 1,5L ou até da de 5L, vai depender do que couber no frigobar da sua hospedagem], isso ajuda muito na hora de economizar nos gastos.

Hospedagem:

Procure em vários sites confiáveis por uma boa hospedagem e com o preço mais em conta. Fazendo uma boa pesquisa você verá se compensa ou não. Se tiver gostado do lugar, tente conversar com eles por "e-mail" ou pelo "celular" e veja se não existe uma boa promoção.

Notas: Não é necessário escolher um muquifo, e sim um lugar mais em conta que você poderá aproveitar melhor a sua viagem. Escolher uma hospedagem sem qualidade também é algo ruim, porque você dormirá mal, ficará estressado e isso prejudicará os seus dias enquanto estiver nesse lugar.

Aproveite as Promoções de Passagens Aéreas:

Mesma coisa da ideia acima, procure por vários sites e veja se não existe uma promoção de passagem aérea para o local que você quer visitar [caso deseje ir de avião]. Se tiver milhas sobrando, veja se não é possível usá-las para realizar o seu passeio ou ao menos abater um pouco nos custos da viagem.

Outro ponto importante sobre as passagens áreas é que se você procurar por elas com uma boa antecedência, verá que o preço cairá ainda mais.
Passeios de 1 dia ou de Fim de Semana:

Nem sempre você está com muito dinheiro em mãos ou terá muito tempo a sua disposição, mesmo assim isso não é um empecilho para parar de viajar.

Pesquise sobre as suas redondezas e procure saber se não existe um lugar interessante para visitar em pouco tempo. Pode ser que encontre uma atração bem interessante que antes sequer sabia que existia. [Eu, por exemplo, não sabia que próximo de onde moro tinham tantas coisas legais para se fazer, e descobri isso após pesquisar um pouco]

Se Planeje e comece a juntar dinheiro antes da viagem:

Pesquise em sites, na internet, pergunte os amigos sobre o que você precisa e deseja conhecer e comece a juntar seu dinheiro bem antes da viagem. Dessa forma, quando realizar seu passeio você já terá uma boa quantia em mãos, poderá aproveitar muito melhor e não ficará atolado em dívidas nos próximos meses.



Economia não é Tudo!

Pode parecer estranho esse título, que vai ao contrário de tudo o que disse em todos os tópicos anteriores, mas economia não é tudo. Não deixe de fazer as coisas somente para gastar menos, afinal, gastar menos não quer dizer que você se divertiu mais. Dessa forma, economize mais nas coisas supérfluas e gaste mais o seu dinheiro onde você considera ser mais importante.

- Se você gostar de comer bem, coma!
- Se você gostar de fazer passeios adicionais, faça!
- Se quer comprar muitas coisas no seu destino, compre!
- Se deseja se hospedar em um Hotel 5 estrelas para ter todo o conforto possível e atendimento de primeiro mundo, se hospede!

- Se deu a louca em você e quer andar de Helicóptero ao menos uma vez na vida, porque não tentar!?

Varie nos destinos e nos tipos de viagem

O Brasil é um dos países com o maior litoral do mundo e conta com uma infinidade de boas praias, mas lembre-se que existem muito mais coisas para se fazer por aqui. Ao variar nos tipos de viagem que se faz, seus passeios podem ficar muito mais divertidos e o número de lugares diferentes que você conhecerá aumentará bastante no final das contas.

Repetir algum destino alguma vez é até bom, mas ter a oportunidade de sempre conhecer novos lugares é ainda melhor e mais proveitoso a se fazer. Não custa nada variar um pouco, nem que seja apenas de vez em quando.



Faças as coisas devagar

Muita gente quer conhecer o maior número de lugares possível no menor tempo possível, o que nem sempre pode ser uma boa ideia. A melhor forma de aproveitar melhor alguma viagem é explorando os pontos turísticos principais, seus arredores, cidades vizinhas e por aí vai.

Por exemplo, querer conhecer 14 países espalhados pela Europa em apenas 5 dias certamente não é uma boa ideia. Você se estressará demais com translados, trocas de transporte e de checkin checkout no hotel e acabará se cansando muito e conhecendo pouco da cultura de onde está passando.

Seja inteligente e caso deseje conhecer mais cidades ou países, fique um tempo suficiente em cada uma, conheça suas atrações com mais calma e também faça bate-voltas sempre que possível, isso ajuda a diminuir seu desgaste e faz com que se aproveite melhor a viagem.

Lembre-se: O destino não sairá correndo dali, então você não precisa ter nenhuma pressa de ir até ele.

Se prepare para imprevistos

Por mais que a gente se prepare, existem coisas que estão fora de nosso controle, por isso tente agir com calma e sabedoria e pode ficar tranquilo que assim que tudo isso acabar, você rirá desses acontecimentos que farão parte de sua história de vida. Se possível, tente ter alguma reserva financeira, nem que mínima, para o caso de se acontecerem imprevistos financeiros.



Faça tudo com Segurança!

Se divertir não é subir em uma pedra no meio do penhasco apenas para tirar uma Selfie "elegante" e perigosa para mostrar para seus amigos. É aproveitar o lugar que deseja com certo conforto e segurança, sempre respeitando os seus limites e o(s) de seu(s) companheiro(s). 

Se divertir viajando é aproveitar cada lugar do seu próprio jeito, podendo assim conhecer mais desse nosso mundo imenso e agregando mais histórias interessantes na sua vida.

Isso é tudo. Espero que essas dicas possam auxiliá-lo em suas próximas viagens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Botão Voltar ao Topo